Livro de Apocalipse: a carta ao anjo da Igreja de Éfeso

Primeira carta: dirigida à comunidade cristã de Éfeso

Depois de ter apresentado uma breve introdução ao livro do Apocalipse, fazendo também uma referência geral às sete cartas que o apóstolo João dirigiu às sete Igrejas da Ásia Menor, neste último livro da Bíblia, vamos apresentar cada uma dessas cartas, primeiro lendo o texto e depois tecendo um comentário explicativo. Antes de tudo, as cartas são dirigidas aos “anjos das Igrejas”, a saber, aos mensageiros de Deus encarregados de guiar a comunidade cristã. Trata-se, pois, dos “bispos” dessas comunidades. A primeira carta é dirigida à comunidade cristã de Éfeso e se encontra no início do segundo capítulo do Apocalipse. Eis o texto, a seguir:

-Livro-de-Apocalipse-a-carta-ao-anjo-da-Igreja-de-Éfeso

Foto ilustrativa: imagedepotpro by Getty Images

Continuar a ler

Anúncios

Quais são os motores da vida espiritual para alcançar as moradas?

Reflita sobre o motor da vida espiritual

Neste sétimo artigo sobre o Caminho Espiritual, vamos nos dedicar a entender melhor os graus de oração necessários nas primeiras moradas e como alcançá-los.

Vimos, com Santa Teresa de Jesus que, após rompermos de vez com o pecado mortal em nossa vida, a reflexão e a oração nos ajudarão a avançar pelas moradas rumo à união plena com Deus.

A reflexão nos ajudará a mudar tudo o que precisamos corrigir em nós, principalmente na primeira parte do caminho espiritual, na via ascética, que abrirá caminho para que Deus possa atuar em nós. Ela nos ajuda a colocarmos em ordem nossa inteligência e vontade.

Quais-são-os-motores-da-vida-espiritual-para-alcançar-as-moradas

Foto Ilustrativa: Halfpoint by Getty Images

Continuar a ler

Oração pelas vítimas de aborto e por quem praticou este crime contra a vida

Shutterstock-u3d

Peçamos a intercessão da Virgem Maria

Continuar a ler

O telefonema do Papa Francisco que mudou para sempre a vida de uma mulher

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE

Antoine Mekary | ALETEIA | I.Media

Ela estava grávida de um homem que tinha outra família. Por isso, ia abortar. Mas um telefonema do Papa mudou tudo…

Continuar a ler

Papa: com o Sacramento da Crisma ser sal e luz do mundo

O Pontífice deu início a um novo ciclo de catequeses, desta vez dedicado ao Sacramento da Confirmação.

Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

Apesar do mau tempo, milhares de fiéis participaram com o Papa Francisco da Audiência Geral desta quarta-feira (23/05).

Na Praça S. Pedro, os peregrinos ouviram o Pontífice iniciar um novo ciclo de catequeses, desta vez dedicado ao sacramento da Crisma, também chamado Confirmação, quando os fiéis recebem o dom do Espírito Santo.

Sal e luz do mundo

Continuar a ler

Anjos, criaturas de Deus

Anjos são seres divinos criados por Deus

“A existência dos seres espirituais, não corporais, que a Sagrada Escritura chama habitualmente de anjos é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição.” (CIC 328).

Crédito: mbertoleporini / by Getty Images

Continuar a ler

Uma dica simples para evitar distrações durante a oração

Se você perceber que a sua mente está divagando enquanto você reza, tente fazer isso

Continuar a ler

Oração a santa Rita de Cássia por uma causa impossível

Descubra por que ela é a santa das causas impossíveis e peça com fé sua intercessão

Imediatamente após sua morte, Santa Rita de Cássia já era venerada como protetora contra a peste, provavelmente pelo fato de ter se dedicado em vida ao cuidado dos enfermos de peste, sem contrair jamais a doença. Este foi o principal motivo pelo qual era começou a ser conhecida como a Santa das Causas Impossíveis.

Oração a Santa Rita por uma causa impossível

Ó poderosa e gloriosa Santa Rita chamada Santa das causas impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliadora da última hora, refúgio e abrigo da dor que arrasta para o abismo do pecado e da desesperança, com toda a confiança em vosso poder junto ao Coração Sagrado de Jesus, a vós recorro no caso difícil e imprevisto, que dolorosamente oprime o meu coração.

(Faça seu pedido)

Alcançai a graça que desejo, pois sendo-me necessária, eu a quero. Apresentada por vós a minha oração, o meu pedido, por vós que sois tão amada por Deus, certamente será atendido. Dizei a Nosso Senhor que me valerei da graça para melhorar a minha vida e os meus costumes e para cantar na Terra e no Céu a Divina Misericórdia.

Santa Rita das causas impossíveis, intercedei por nós! Amém.

Santa Rita de Cássia, conhecida como Santa dos Impossíveis

Santa Rita de Cássia, viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor

Nasceu na Itália, em Cássia, no ano de 1381. Seu grande desejo era consagrar-se à vida religiosa. Mas, segundo os costumes de seu tempo, ela foi entregue em matrimônio para Paulo Ferdinando.

Tiveram dois filhos, e ela buscou educá-los na fé e no amor. Porém, eles foram influenciados pelo pai, que antes de se casar se apresentava com uma boa índole, mas depois se mostrou fanfarrão, traidor, entregue aos vícios. E seus filhos o acompanharam.

Rita então, chorava, orava, intercedia e sempre dava bom exemplo a eles. E passou por um grande sofrimento ao ter o marido assassinado e ao descobrir depois que os dois filhos pensavam em vingar a morte do pai. Com um amor heroico por suas almas, ela suplicou a Deus que os levasse antes que cometessem esse grave pecado. Pouco tempo mais tarde, os dois rapazes morreram depois de preparar-se para o encontro com Deus.

Sem o marido e filhos, Santa Rita entregou-se à oração, penitência e obras de caridade e tentou ser admitida no Convento Agostiniano em Cássia, fato que foi recusado no início. No entanto, ela não desistiu e manteve-se em oração, pedindo a intercessão de seus três santos patronos – São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolas de Tolentino – e milagrosamente foi aceita no convento. Isso aconteceu por volta de 1441.

Seu refúgio era Jesus Cristo. A santa de hoje viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor. Rita quis ser religiosa. Já era uma esposa santa, tornou-se uma viúva santa e depois uma religiosa exemplar. Ela recebeu um estigma na testa, que a fez sofrer muito devido à humilhação que sentia, pois cheirava mal e incomodava os outros. Por isso teve que viver resguardada.

Morreu com 76 anos, após uma dura enfermidade que a fez padecer por 4 anos. Hoje ela intercede pelos impossíveis de nossa vida, pois é conhecida como a “Santa dos Impossíveis”.

Santa Rita de Cássia, rogai por nós!