Uma rosa vermelha para os pecadores

São Luís Maria oferece de presente uma rosa vermelha para os pecadores.

São Luís Maria Grignion de Montfort, no livro “O Segredo do Rosário”, oferece de presente uma rosa vermelha para os pecadores: “Pobres homens e mulheres que são pecadores. Eu, mais pecador do que vocês, desejo dar-lhes esta rosa vermelha, porque o precioso sangue de Nosso Senhor caiu sobre ela”. Montfort nos convida a agradar Deus a fim de que Ele nos dê o verdadeiro perfume para nossas vidas e nos salve dos perigos pelos quais passamos todos os dias, principalmente as pessoas que não creem, não se arrependem e não choram os seus pecados: “Deixe-nos coroar a nós mesmos com rosas” (Sb 2,8). Mas, nossa lamentação deveria ser: “Deixe-nos coroar a nós mesmos com as rosas do Santíssimo Rosário”.

São Luís Maria nos explica qual a diferença das rosas vermelhas que Ele nos oferece para as rosas do mundo: “Quão diferente são suas rosas das nossas! Suas rosas são os prazeres da carne, honras mundanas e riquezas passageiras que se mancham e corrompem em pouco tempo, mas as nossas, que são o “Pai-Nosso” e a “Ave-Maria”, as quais temos rezado devota e assiduamente e às quais acrescentamos bons atos penitentes, nunca murcharão ou acabarão, e serão tão belas daqui a milhares de anos com elas são hoje”.

Segundo o Santo de Montfort, as rosas dos pecadores só se parecem com rosas, mas na verdade são espinhos cruéis que os espetam durante a vida, dando-lhes dores agudas de consciência. “Durante a morte eles os espetam com amargo arrependimento e, ainda pior, na eternidade, eles se tornam flechas a queimar de raiva e desespero”. Mas, se as rosas vermelhas possuem espinhos, estes são os cravos de Jesus Cristo, que se mudam em rosas. Se essas rosas nos espetam, é somente por pouco tempo, com a finalidade de curar-nos do pecado e sermos salvos por Jesus.

Por causa da eficácia destas rosas vermelhas, São Luís ensina que: “por todos os meios, devemos ansiosamente coroar-nos a nós mesmos com estas rosas do Paraíso, e rezar o Rosário inteiro a cada dia, ou seja, rezar os três Terços cujas cinco dezenas são como que três pequenos diademas ou coroas de flores”. Hoje, podemos acrescentar mais um terço, no qual meditamos os Mistérios Luminosos, criados pelo Papa João Paulo II. Devemos rezar o Rosário diariamente por duas razões. Em primeiro lugar, para honrar as três coroas de Jesus Cristo e da Virgem Maria: a coroa da graça de Jesus na hora de Sua Encarnação, a Sua coroa de espinhos durante a Paixão e a Sua coroa de glórias nos Céus, e a tríplice coroa que a Santíssima Trindade deu a Nossa Senhora nos Céus. Em segundo lugar, nós devemos rezar o Rosário a fim de que nós mesmos recebamos as três coroas de Jesus e de Maria. “A primeira é uma coroa de méritos durante nossa vida, a segunda, uma coroa de paz em nossa morte, e a terceira, uma coroa de glória no céu”.

São Luís Maria ensina que se nós rezarmos o Rosário fielmente até a morte, ele nos assegura que, apesar da gravidade de nossos pecados, alcançaremos a incorruptível coroa da glória (cf. 1 Pd 5, 4). Ainda que nós estejamos à beira da condenação eterna, mesmo que já tenhamos um pé no inferno, e que tenhamos vendido nossa alma ao diabo, como os feiticeiros fazem ao praticar a magia negra, e até mesmo sejamos hereges obstinados, como demônios, inevitavelmente nos converteremos, consertaremos nossa vida e Jesus salvará a nossa alma. Se rezarmos o Santo Rosário devotamente todos os dias até a morte, com o propósito do conhecimento da verdade, obteremos a graça do arrependimento e o perdão de nossos pecados.

Assim, aceitemos de coração agradecido a rosa vermelha, o Rosário de Nossa Senhora, que nos é oferecida por São Luís Maria. Rezemos o Santo Rosário todos os dias, ou pelo menos um terço, e nos beneficiemos das graças que Jesus Cristo e a Virgem Maria querem derramar sobre as nossas vidas através desta oração. Como disse o Santo, deixemo-nos “coroar a nós mesmos com as rosas do Santíssimo Rosário”, para que sejamos curados dos nossos pecados e alcancemos um dia a glória do Reino dos Céus. Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós!

Fonte: Canção nova