O encontro pessoal com Jesus cura nosso coração

Para ser curado de nossas enfermidades físicas e emocionais é preciso encontrar-se verdadeiramente com Jesus

A Palavra meditada está em São Marcos 2,1-12:
Alguns dias depois, Jesus passou novamente por Cafarnaum, e espalhou-se a notícia de que ele estava em casa. Ajuntou-se tanta gente que já não havia mais lugar, nem mesmo à porta. E Jesus dirigia-lhes a palavra. Trouxeram-lhe um paralítico, carregado por quatro homens. Como não conseguiam apresentá-lo a ele, por causa da multidão, abriram o teto, bem em cima do lugar onde ele estava e, pelo buraco, desceram a maca em que o paralítico estava deitado. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Filho, os teus pecados são perdoados”. Estavam ali sentados alguns escribas, que no seu coração pensavam: “Como pode ele falar deste modo? Está blasfemando. Só Deus pode perdoar pecados”! Pelo seu espírito, Jesus logo percebeu que eles assim pensavam e disse-lhes: “Por que pensais essas coisas no vosso coração? Que é mais fácil, dizer ao paralítico: ‘Os teus pecados são perdoados’, ou: ‘Levanta-te, pega a tua maca e anda’? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder para perdoar pecados – disse ao paralítico – eu te digo: levanta- te, pega a tua maca e vai para casa!” O paralítico se levantou e, à vista de todos, saiu carregando a maca. Todos ficaram admirados e louvavam a Deus dizendo: “Nunca vimos coisa igual”!

O encontro pessoal com Jesus cura nosso coração

Foto: Arquivo/cancaonova.com

A fé cristã não é uma teoria, mas um encontro pessoal com Cristo. Quando esse encontro é verdadeiro, somos perdoados de nossos pecados e começamos a entender como Deus nos ama e não nos acusa. Todo mal que cometemos e pesava em nosso coração morre no abraço acolhedor do Pai das Misericórdias.

O Senhor nos reergue de todas as enfermidades. Estar enfermo é diferente de estar doente, pois a enfermidade causa-nos fraqueza. Somos curados por Cristo quando nos deixamos ser encontrados por Ele. O abraço do Pai instaura um tempo novo para nós! Ele veio para nos tirar da perdição e nos mostrar o caminho.

O paralítico podia não ter bens materiais, mas possuía a maior riqueza deste mundo: quatro amigos. A amizade é semelhante a um casamento, ou seja, um cuida do outro. Um amigo requer cuidado, carinho, zelo, pois é uma alma dividida em dois corpos. Amigo de verdade nos leva para Deus!

Quando se ama não para nos obstáculos

Esses homens, por amarem seu amigo, não pararam nas dificuldades, mas o desceram pelo teto, para que Jesus o visse e o curasse. E aquele paralítico foi curado pela fé de seus amigos.

Como é importante termos em nossa vida pessoas que nos levam para Deus! O encontro pessoal com Jesus nos é dado pela fé. Só se encontra verdadeiramente com Ele quem crê n’Ele. Se acreditarmos, não haverá distância que nos separe d’Ele.

A falta de fé é semelhante a uma enfermidade

Onde estava a fraqueza desse homem? Em sua falta de fé. A pessoa que diz: “Eu confio em Deus”, mas, nos momentos de provação, esquece-se d’Ele, não tem fé.

A nossa fé é fundada nos ensinamentos de Cristo. É uma incoerência dizermos que somos de Cristo se não seguimos Seus ensinamentos.

Quando ficamos doentes, a quem apresentamos nossas enfermidades? Levemos nossas doenças a Jesus! A murmuração sempre será uma reclamação, um coração que não é agradecido.

Quando tristes, desconsolados e desanimados, aproximemo-nos do Senhor. Coloquemos Deus em nossa vida!

Apresente a Jesus as pessoas que você ama! Quantas enfermidades físicas, mas também emocionais. Não tenha medo de aproximar-se do Senhor e dizer: “Senhor, aquele que tu amas está fraco”. Fale a Jesus das pessoas que você ama e peça a Ele a cura para eles.

Qual a maior oração de cura que podemos fazer? Uma entrega total a Deus! Esse enfermo teve quatro pessoas para levá-lo até Jesus. Pode ser que você, hoje, não tenha ninguém que o leve para o Senhor, então, diga a Ele: “Senhor, eu estou fraco, preciso da Tua força, pois aquele que Tu amas está enfermo”.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: Ariele Silva

Deixe seu comentário, pedido ou sugestão aqui sobre o post

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s