Sabedoria na reconstrução de nossas famílias

Para reconstruirmos nossas famílias precisamos agir com sabedoria

A Palavra meditada está em Provérbios 3,13-16:


Feliz aquele que encontrou a Sabedoria, e que alcançou grande prudência: ganhá-la vale mais do que negociar a prata e seu fruto, mais que o ouro fino. Ela é mais preciosa do que todas as pedrarias e tudo o que aprecias não se compara com ela: em sua mão direita, longos anos; em sua mão esquerda, riquezas e glória!”

Sabedoria na reconstrução de nossas famílias

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A felicidade é possível, ela brota da nossa comunhão e encontro pessoal com Cristo. O Senhor nos quer felizes nesta vida, mesmo que enfrentemos dificuldades, para desfrutarmos da felicidade exige de nós uma construção diária.

A sabedoria na reconstrução de nossas famílias

Um dos passos para restaurarmos nossas famílias é agirmos com sabedoria. Como precisamos de sabedoria dentro de nossas casas! Sabedoria no tratamento com nossos cônjuges e filhos, com as pessoas que trabalham conosco. Ela é um dom precioso que nos ajuda a nos relacionarmos com os outros, pois nos dá discernimento para agir. É preciso buscar em Deus a virtude da sabedoria.

Como é triste conversar com alguém que age sem sabedoria! Precisamos controlar nossos impulsos! Não existe sabedoria sem disciplina, é ela que dá sabor e tempero à nossa vida.

Em nossas palavras, tenhamos moderação. Reflitamos o modo que temos falado com as pessoas. Talvez, hoje, você cuide de um idoso, e quantas vezes suas palavras foram duras com essa pessoa, machucando não somente ela, mas também você. Quando falamos uma coisa que soa com grosseria e aspereza, alguns minutos depois caímos na real e pensamos que poderíamos ter feito diferente, falado com mais delicadeza.

Não despejemos nosso ‘azedume’ nas pessoas, mas peçamos a Deus a sabedoria para moderarmos nossas palavras, e se elas não forem maiores que nossos sentimentos, não falemos.

Muito cuidado com o que colocamos nas mídias sociais! Nem sempre nossas opiniões devem ser explicitas nesse tipo de comunicação. Ser crítico nem sempre é sinal de sabedoria e inteligência.

Se alguém nos faz uma crítica ou se nós criticamos alguém, precisamos ter propriedade nesse assunto. Estamos dispostos a fazer, pelo menos, o mínimo, já que estamos criticando o que o outro fez?

O que a sabedoria não é?

Sabedoria não é inteligência

A sabedoria vem de Deus e da observação atenta à realidade da vida. Às vezes, a sabedoria nos fará perder a batalha de hoje para ganharmos a guerra amanhã.

Sabedoria não é perfeição

Deus não pediria uma ausência total de erros para nós, porque sabe que somos limitados e feridos pelo pecado. Nossa essência é boa, mas trazemos em nós a mancha do pecado. O sábio também aprende com seus erros e suas limitações.

Sabedoria não é esperteza

Atentemo-nos a isso e, em nome de Jesus, rompamos com essa cultura da esperteza, de levar vantagem em tudo, que tem corrompido nosso país, nossas famílias. Pai e mãe, não cubram os erros de seus filhos, mas deixe a eles a honestidade e o exemplo como herança. Quem é sábio educa e não encobre erros.

Não existe resultado sem esforço humano. A preguiça e a acomodação é o avesso da sabedoria. Ela [sabedoria] nos ensina a lutar por nossas metas e não esperar que tudo caia do céu. Busquemos a verdadeira sabedoria e, nesse processo de reconstrução familiar, sejamos felizes.

Padre Adriano Zandoná
Missionário da Comunidade Canção Nova

Anúncios