Queremos ser felizes, mas precisamos encontrar o caminho para a tão sonhada felicidade

A Palavra meditada está no Salmo 31,25:

Tende coragem e um coração firme, vós todos que esperais no Senhor. 

Qual é o caminho para a felicidade?

Foto: Arquivo/cancaonova.com

Quando confiamos no Senhor, esperamos d’Ele o bem e avançamos com o coração firme, pois o Espírito Santo está conosco e nos guia. Coragem não é ausência de medo, mas é colocarmos o coração em tudo o que fazemos. Quantas coisas nos amedrontam! No entanto, se nosso coração estiver em Deus, não há o que temermos.

A coragem dá alma a tudo o que fazemos

Quando Deus nos diz para termos coragem, Ele nos impulsiona a enfrentarmos nossos medos. Até Jesus teve medo no monte das Oliveiras, mas não se deixou orientar por ele. Se enfrentarmos os medos, o pavor cederá espaço ao conforto de Deus ao nosso coração.

O que nos move não são nossos pés, mas sim nossos afetos. Nosso coração caminha para aquilo que amamos.

O trabalho como instrumento de salvação

Nosso trabalho tem de ser instrumento de salvação, tem de levar o céu dentro do ambiente em que vivemos. Se enxergarmos nosso trabalho como uma meta, não conseguiremos enfrentar as crises. Colocando coração e alma em tudo o que fizermos, não se torna um peso, mas sim uma missão.

Enfrentar e atravessar crises são partes do processo, e nosso maior consolo é saber que Deus vai conosco, ao nosso lado. Povo de Deus, coragem! Coloquemos nosso coração em tudo o que fazemos e os caminhos se abrirão.

Quais passos devemos dar para alcançar a felicidade?

Na vida é um passo de cada vez! O próximo passo que temos de dar é o Senhor quem nos orientará, pois Jesus é o caminho. Não queremos nos perder? Confiemos em Deus, coloquemo-nos a caminhar com coragem, esperando sempre n’Ele.

Na vida, nem tudo é fácil. Esperemos em Deus! Quem está com Ele vive a bondade. Ser bom não se trata de ter uma vida isenta de pecado, mas ter um coração que se ancora no Senhor.

Quando nos unimos a Deus, o Espírito Santo nos guia. Queiramos ser cheios do Espírito, pois quando a bondade entra em nosso coração, paramos de focar naquilo que não presta.

Se o Senhor cura nosso coração, Ele cura nossos olhos, nossa maneira de ver a vida. Viver com bondade é viver para os outros. Firmemos em Deus nosso coração, é d’Ele que esperamos nossa recompensa. A felicidade está em vivermos para os outros.

Quais as condições para sermos felizes?

Deixemos de lado tudo o que nos desumaniza. Quanto mais humanos somos, mais propensos à felicidade estamos. Há pessoas querendo ser santas, mas não querendo ser humanas.

As condições para sermos felizes estão em sermos humanos e nos dedicarmos ao nosso trabalho. Alguns trabalhos escolhemos, outros nos escolhem. Se algo é chato de fazer, coloque diversão e o desempenhe com alegria.

Felicidade não está vinculada a status de vida ou social, mas sim no querer de nosso coração. Nossa tarefa é descobrir o trabalho que Deus tem para nós e nos dedicarmos a ele. Ocupemos nosso coração com coisas boas e sempre tenhamos coragem.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Anúncios