Enfrentemos as provações com coragem e persistência

Quantas provações em nosso dia a dia! É preciso coragem e persistência para vencer e seguir adiante

A Palavra meditada está em Tiago 1,2-4:

Considerai uma grande alegria, meus irmãos, quando tiverdes de passar por diversas provações, pois sabeis que a prova da fé produz em vós a constância. Ora, a constância deve levar a uma obra perfeita: que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.

Enfrentemos as provações com coragem e persistência

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

As provas nos aprovam! Mas como assim? Se quisermos passar, por exemplo, em uma faculdade, antes de sermos aprovados, temos de fazer uma prova. Isto é, a recompensa vem depois de todo esforço e persistência. Quando falamos sobre provações em nossa vida, a Palavra de Deus nos ensina que, se a enfrentarmos com coragem, nossa ‘aprovação’ será o céu.

É ilusório acreditarmos que ao entrarmos nos caminhos de Cristo nossos sofrimentos vão se acabar, pois o Senhor nos diz que é preciso pegar a Cruz do dia a dia e seguir.

Vamos refletir o trecho da Carta de São Tiago. São três versículos que nos ensinam sobre provações e a recompensa que receberemos:

“Considerai uma grande alegria, meus irmãos, quando tiverdes de passar por diversas provações.”

 Não viveremos apenas uma alegria, mas muitas alegrias! Da mesma forma, não teremos apenas uma provação, mas muitas! São Tiago dirige essa carta a todos que passam por provações, para que se alegrem diante das dificuldades.

Quantos estão desinstalados! Seja pela falta de um emprego, por uma doença, por tratamentos de saúde, pelo pai de família que deixou a casa, e hoje a mulher tem de dar conta da casa e dos filhos. Quantas surpresas a vida nos reserva! O que será que nos espera na “próxima esquina”? Não tenhamos medo daquilo que nos esperam, mas coragem para seguir em frente.

 “Sabeis que a prova da fé produz em vós a constância”

A nossa fé é provada todos os dias. Ela é o alicerce da nossa casa e produz em nós constância. Não somos perfeitos, mas temos de ser constantes.

As provas da vida produzem em nós grandes alegrias. Não queremos ser felizes apenas agora, mas até o dia da nossa morte. Da mesma forma, não queremos ter amigos ou estar com nossa família apenas hoje, mas até o dia do nosso encontro definitivo com o Senhor.

Aprendamos com nossos erros e acertos. Será que valerá a pena abandonarmos tudo por causa das dificuldades? Quantas trocas fazemos, porque as coisas não nos agradaram! Troco de esposa ou marido, porque aquele com quem casei não me agradou. Mudo de religião, porque aquilo que o padre falou eu não gostei. Em meio às provas, não desista, mas persista. Viva a alegria de permanecer firme até o fim.

“A constância deve levar a uma obra perfeita: que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.”

O Senhor quer fazer de nós pessoas íntegras. Não vivamos o saudosismo, onde ficamos relembrando coisas do passado e nos apegamos tanto a isso, que esquecemos que vivemos um hoje.

Atualmente, os sofrimentos nos provam, mas coragem, tudo isso é para formar nosso caráter. Nosso destino não está pronto, mas está se definindo.

Nossas ações geram hábitos em nós. Para sermos aprovados, precisamos antes ser provados. Deus tem um plano para nossa vida, por isso pensou em nós. Nenhuma prova é maior que aquela que podemos suportar. Coragem! Constância! Fixe o olhar na sua aprovação.

Dunga
Missionário da Comunidade Canção Nova

Anúncios