Maria é a Mãe atenta à necessidade de seus filhos

Maria percebe a necessidade de seus filhos e intervêm em nosso favor

A Palavra meditada está em São João 2,1-12:
No terceiro dia, houve um casamento em Caná da Galileia, e a mãe de Jesus estava lá. Também Jesus e seus discípulos foram convidados para o casamento. Faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm vinho!” Jesus lhe respondeu: “Mulher, para que me dizes isso? A minha hora ainda não chegou”. Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei tudo o que ele vos disser!” Estavam ali seis talhas de pedra, de quase cem litros cada, destinadas às purificações rituais dos judeus. Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”! E eles as encheram até à borda. Então disse: “Agora, tirai e levai ao encarregado da festa”. E eles levaram. O encarregado da festa provou da água mudada em vinho, sem saber de onde viesse, embora os serventes que tiraram a água o soubessem. Então chamou o noivo e disse-lhe: “Todo mundo serve primeiro o vinho bom e, quando os convidados já beberam bastante, serve o menos bom. Tu guardaste o vinho bom até agora”. Este início dos sinais, Jesus o realizou em Caná da Galileia. Manifestou sua glória, e os seus discípulos creram nele. Depois disso, Jesus desceu para Cafarnaum, com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. Lá, permaneceram apenas alguns dias. 

Maria é a mãe atenta a necessidade de seus filhos

Foto: Arquivo/cancaonova.com

O milagre das Bodas de Caná têm detalhes que não podemos deixar de prestar muita atenção. Olhemos a riqueza deste Evangelho, que não está apenas na transformação da água em vinho.

No terceiro dia, houve um casamento em Caná da Galileia, e a mãe de Jesus estava lá. Também Jesus e seus discípulos foram convidados para o casamento.

Jesus não morava mais com Sua Mãe. Seu ministério já estava acontecendo, Cristo tinha Seus seguidores, pois a Palavra diz que Ele e Seus discípulos foram convidados para a festa. Porém, Jesus ainda não havia operado nenhum milagre que o promovera e foi Maria, aquela que deu o ‘pontapé’ inicial na vida pública de Seu Filho.

“Mulher, para que me dizes isso? A minha hora ainda não chegou”. Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei tudo o que ele vos disser!”

 Chamar de mulher era um sinal de respeito naquela época. Jesus sabia que ainda não era Sua hora, porém, ao pedido de Sua Mãe [que provoca o milagre], Ele fica numa posição de ‘não se tem o que fazer’ e opera o milagre naquela festa. Maria chamou toda a atenção para Jesus.

Nossa Senhora percebeu a necessidade daqueles noivos e pediu a Jesus o milagre. Apesar de não ser a Sua hora, Ele não nega o pedido de Sua Mãe. Maria pode antecipar a hora de Deus em nossa vida.

Com Nossa Senhora, aquilo que parece não ter solução, acontece, pois com Maria, Jesus antecipa a hora do milagre. Ela também nos diz: ‘Faça o que Ele vos disser’, por isso, nossa atenção se redobra a ouvir Jesus na oração, numa música, na Palavra.

Então chamou o noivo e disse-lhe: “Todo mundo serve primeiro o vinho bom e, quando os convidados já beberam bastante, serve o menos bom. Tu guardaste o vinho bom até agora”.

 Quando pensamos que as coisas estão acabando, que nada tem solução, deixando Jesus e Maria entrar, o melhor está por vir. Proclamemos em nossa vida: O melhor está por vir.

Esse ‘melhor’ está condicionado a dois fatores: em Maria perceber que está faltando o vinho [e Ela perceberá] e em fazer o que Cristo nos diz.

Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”! E eles as encheram até à borda.

Busquemos a Palavra de Deus em nossas vidas! Em tudo o que fizermos em oração, escutemos a voz de Deus. Assim que passarmos a fazer tudo o que Ele nos disser, o milagre acontecerá em nossa vida.

Não existe a lei do menor esforço para as coisas do Senhor. Ele quer que façamos nossa parte para o milagre acontecer. A prova do nosso esforço e do nosso trabalho é o milagre. Se fizermos o que Ele nos disser, a pedido de Nossa Senhora, viveremos os melhor em nossa vida.

As crises existem e sempre existirão, mas tenhamos fé, pois Maria está em nossa festa, atenta ao que acontece e falará com Seu Filho. Saiamos da zona de conforto e depois de um tempo, o Senhor nos fará provar do nosso trabalho e já não será mais água e sim vinho.

Dunga
Missionário da Comunidade Canção Nova

Anúncios