Semeie o bem para colher o bem

O que temos semeado? Quem planta o bem colhe o bem, porém quem planta o mal colhe o mal

A Palavra meditada está em II Coríntios 9,6-11:

É bom lembrar: “Quem semeia pouco também colherá pouco, e quem semeia com largueza colherá também com largueza”. Que cada um dê conforme tiver decidido em seu coração, sem pesar nem constrangimento, pois “Deus ama quem dá com alegria”. Deus é poderoso para vos cumular de toda sorte de graças, para que, em tudo, tenhais sempre o necessário e ainda tenhais de sobra para empregar em alguma boa obra, como está escrito: “Distribuiu generosamente, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre”. Aquele que dá a semente ao semeador e lhe dará o pão como alimento, ele mesmo multiplicará as vossas sementes e aumentará os frutos da vossa justiça. Assim, tornando-vos ricos em tudo, podereis praticar toda espécie de liberalidade que, por nosso intermédio, resultará em ação de graças a Deus.

Semeie o bem, para colher o bem

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Quem semeia pouco colhe pouco

Como arrumamos desculpas para não viver nem fazer as coisas de Deus! A Palavra do Senhor, no entanto, nos diz que há muitas pessoas se escondendo por traz de diversos argumentos.

Quantas vezes não vemos o fruto do nosso trabalho realizado, porque encaramos as coisas como responsabilidade do outro? A ideia é apenas conseguir o fruto, mas devemos semear e semear com largueza.

Dediquemo-nos ao serviço de Deus

Dar tudo para o Senhor é dar a Ele nosso melhor. Um dia, fizeram-nos um convite para ajudarmos esta obra, que é Canção Nova. Nós atendendo ao chamado de Deus e demos nosso tudo. A escolha de Deus para nós é que estivéssemos onde o Senhor nos colocou. Somos parte da família Canção Nova! Deus ama não o que doamos, mas a alegria com que o fazemos.

Quem ama quer estar perto

O que é o abraço senão a forma de tentarmos colocar a pessoa dentro do nosso coração? O amor quer estar perto e cada vez mais perto. Deus ama quem dá a sua vida com alegria, e Ele quer essa pessoa cada vez mais perto d’Ele.

A Palavra diz que Deus ama a pessoa que não se guarda, mas que, com generosidade, doa-se ao outro. Mais do que mãos, a pessoa tem de ter um coração aberto.

Não há limites para quem ama!

Diante das realidades, o Senhor nos diz que Deus é poderoso para cumular quem age com grandes graças. Um dia, quando chegarmos ao céu, tomaremos ciência de tudo o que Deus fez por nós.

Todo o bem que fazemos nos acompanha para a eternidade. Fama, dinheiro, bens materiais não vão para o céu, mas o bem que fizermos nesta vida será levado conosco.

A bênção de Deus dá resultado a nossos esforços

Contemos com a graça de Deus e coloquemos nossos esforços debaixo da Sua graça. Muitas pessoas têm dificuldades em doar o que têm, porque estão apegadas; porém tudo o que guardamos se corrompe. Neste mundo, temos prazo de validade, e a única maneira de garantirmos o que temos nesta vida é por meio da doação.

O que é para nós um tesouro? O grande tesouro de uma pessoa não é o que ela faz. Quando a Palavra de Deus nos diz para não cobiçarmos, ela nos diz para banir a inveja de nosso coração. Se não cuidarmos do nosso coração, a inveja entrará, tomará conta de nós e nos matará.

A inveja é um vício e um pecado

A inveja é a tristeza que sentimos diante da alegria do outro, pois achamos que se não temos o que o outro tem, ele também não pode ter. Como vencer a inveja? Abandonando-nos nas mãos de Deus.

Aprendamos que a Palavra de Deus nos pede para ajudarmos as pessoas, pois o segredo para sermos amados é amarmos. Uma pessoa que jorra amor é capaz de amar quem está ao seu lado.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Anúncios