Diário, 742

“Minha filha, se por teu intermédio peço aos homens devoção à Minha misericórdia, deves ser a primeira a distinguir-te pela tua confiança Nela. Espero de ti obras de misericórdia, que devem nascer do teu amor para Comigo. Deves mostrar-te misericordiosa com os outros, sempre e em qualquer lugar. Tu não podes te omitir, desculpar-te ou justificar-te.

Eu te indico três maneiras de praticar a misericórdia para com o próximo:

A primeira – é a ação, a segunda – a palavra e a terceira – a oração. Nesses três graus repousa a plenitude da misericórdia, pois constituem uma prova irrefutável do amor por Mim. É deste modo que a alma glorifica e honra a Minha misericórdia.” 

Anúncios