Sobre a Oração diante do Santíssimo Sacramento do Altar – de Santo Afonso de Ligório

Resultado de imagem para imagem do santíssimo

A oração, onde quer que se faça, deve ser agradável a Deus. Mas a oração que agrada a Jesus Cristo de modo muito particular é aquela que se faz diante do Santíssimo, onde parece que Ele distribui mais e com mais abundância as luzes e as graças a quem o visita. Ele está neste sacramento não só para ser alimento das almas que o recebem na santa comunhão, mas também para estar sempre disponível a todo aquele que o procura. Os peregrinos vão a Loreto visitar a casa de Maria, onde morou Jesus; a Jerusalém, onde Ele morreu na cruz; mas quanto maior é nossa devoção em nos achar diante da custódia onde está pessoalmente presente aquele mesmo Senhor que habitou entre nós e por nós morreu no Calvário!

Neste mundo não se permite  a qualquer um falar a sós com o rei. Com o rei Jesus Cristo, no entanto, todos podem falar.  Seja nobre ou plebeu, rico ou pobre, todos podem falar à vontade com Ele neste sacramento. Todos podem entreter-se com Ele quando quiserem, expondo-lhe suas necessidades, e pedir-lhe as graças. No Sacramento do Altar Jesus atende a todos, escuta-os e os consola.

Quem conhece apenas os prazeres da terra nunca poderá imaginar a alegria que se pode sentir quando se permanece longo tempo diante de um altar, onde está a hóstia consagrada. Para as almas que amam a Deus, as horas e os dias passados diante do Santíssimo parecem momentos, pela doçura celeste que o Senhor lhes faz sentir”.

Fonte: Trecho extraído do livro “Uma Estrada de Salvação”.

Anúncios