Maria sofreu ao dar à luz Jesus Cristo ?

Albo | Shutterstock

Se ela não tinha pecado, poderia ter sofrido essas dores que são consequentes do pecado original?

As dores de parto são uma consequência do pecado original (cf. Gênesis 3,16). Para os católicos, Maria não teve esse pecado; logo, não teve dores de parto (cf. Is 66,7).

No livro do Apocalipse, entretanto, há um capítulo que, para os católicos, se refere a Maria, e, nele, o autor São João cita “dores de parto”:

“Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher vestida do sol, a lua debaixo dos pés e, na cabeça, uma coroa de doze estrelas. Estava grávida e gritava de dores, sentindo as angústias de dar à luz (…) Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do Seu trono” (Apocalipse 12,1-5).

Que dores seriam essas que precederam o parto de Jesus?

Para interpretar esta passagem, deve-se considerar um sentido alegórico de “dores de parto”. No Novo Testamento, São Paulo utiliza o termo “dores de parto” (do grego ὠδίνουσα-ōdinousa) como metáfora para o sofrimento espiritual ou para o sofrimento em geral (cf. Gl 4,19; Rm 8,22). Todos sabemos que, para Maria, dar à luz a Jesus envolveu grande abnegação e sacrifício espiritual, e João resume essas angústias de forma alegórica, mediante a imagem das “dores de parto”. No século VI, Ecumênio, um dos primeiros a comentar completamente o livro do Apocalipse, explica:

“E assim, de acordo com as regras da linguagem figurativa, ele chama esse desânimo e tristeza de ‘gritar’ e ‘angústia’. Isso não é incomum. Mesmo ao bem-aventurado Moisés, quando conversava espiritualmente com Deus e perdeu o coração ao ver Israel no deserto cercado pelo mar e pelo inimigo, Deus disse: ‘Por que choras para mim?’ (Êxodo 14,15). Também aqui, a conturbação da Virgem na mente e no coração é chamada de ‘gritar’” (Ecumênio, Comentário ao Apocalipse, 6,19,8).

__________

Via iCatolica.com

Anúncios

Deixe seu comentário, pedido ou sugestão aqui sobre o post

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s