Uma dica simples para evitar distrações durante a oração

Se você perceber que a sua mente está divagando enquanto você reza, tente fazer isso

Continuar a ler

Oração a santa Rita de Cássia por uma causa impossível

Descubra por que ela é a santa das causas impossíveis e peça com fé sua intercessão

Imediatamente após sua morte, Santa Rita de Cássia já era venerada como protetora contra a peste, provavelmente pelo fato de ter se dedicado em vida ao cuidado dos enfermos de peste, sem contrair jamais a doença. Este foi o principal motivo pelo qual era começou a ser conhecida como a Santa das Causas Impossíveis.

Oração a Santa Rita por uma causa impossível

Ó poderosa e gloriosa Santa Rita chamada Santa das causas impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliadora da última hora, refúgio e abrigo da dor que arrasta para o abismo do pecado e da desesperança, com toda a confiança em vosso poder junto ao Coração Sagrado de Jesus, a vós recorro no caso difícil e imprevisto, que dolorosamente oprime o meu coração.

(Faça seu pedido)

Alcançai a graça que desejo, pois sendo-me necessária, eu a quero. Apresentada por vós a minha oração, o meu pedido, por vós que sois tão amada por Deus, certamente será atendido. Dizei a Nosso Senhor que me valerei da graça para melhorar a minha vida e os meus costumes e para cantar na Terra e no Céu a Divina Misericórdia.

Santa Rita das causas impossíveis, intercedei por nós! Amém.

Santa Rita de Cássia, conhecida como Santa dos Impossíveis

Santa Rita de Cássia, viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor

Nasceu na Itália, em Cássia, no ano de 1381. Seu grande desejo era consagrar-se à vida religiosa. Mas, segundo os costumes de seu tempo, ela foi entregue em matrimônio para Paulo Ferdinando.

Tiveram dois filhos, e ela buscou educá-los na fé e no amor. Porém, eles foram influenciados pelo pai, que antes de se casar se apresentava com uma boa índole, mas depois se mostrou fanfarrão, traidor, entregue aos vícios. E seus filhos o acompanharam.

Rita então, chorava, orava, intercedia e sempre dava bom exemplo a eles. E passou por um grande sofrimento ao ter o marido assassinado e ao descobrir depois que os dois filhos pensavam em vingar a morte do pai. Com um amor heroico por suas almas, ela suplicou a Deus que os levasse antes que cometessem esse grave pecado. Pouco tempo mais tarde, os dois rapazes morreram depois de preparar-se para o encontro com Deus.

Sem o marido e filhos, Santa Rita entregou-se à oração, penitência e obras de caridade e tentou ser admitida no Convento Agostiniano em Cássia, fato que foi recusado no início. No entanto, ela não desistiu e manteve-se em oração, pedindo a intercessão de seus três santos patronos – São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolas de Tolentino – e milagrosamente foi aceita no convento. Isso aconteceu por volta de 1441.

Seu refúgio era Jesus Cristo. A santa de hoje viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor. Rita quis ser religiosa. Já era uma esposa santa, tornou-se uma viúva santa e depois uma religiosa exemplar. Ela recebeu um estigma na testa, que a fez sofrer muito devido à humilhação que sentia, pois cheirava mal e incomodava os outros. Por isso teve que viver resguardada.

Morreu com 76 anos, após uma dura enfermidade que a fez padecer por 4 anos. Hoje ela intercede pelos impossíveis de nossa vida, pois é conhecida como a “Santa dos Impossíveis”.

Santa Rita de Cássia, rogai por nós!

“Sede santos, porque eu sou santo” (I Pd. 1, 16)”

alt

Este mês de maio, teremos como direcionamento para o Ministério de Intercessão a carta à Renovação Carismática Católica do Brasil “Sede santos, porque eu sou santo” (I Pd. 1, 16)”, escrita pela presidente do Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica, Katia Roldi Zavaris. É imprescindível que todos os intercessores reflitam e sejam sustentados por este direcionamento espiritual para reconhecer a necessidade de uma conversão sincera.
INTENÇÕES PERMANENTES
1.  Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre, o Papa Francisco, pelos Bispos, pelos Sacerdotes, Diáconos, Religiosos (as) e pelos Seminaristas;
2.  Por todas as vocações, para que o chamado de Deus seja assumido com amor e fidelidade.
3.  Pelo ICCRS (Serviço Internacional da Renovação Carismática Católica) e seus membros;
4.  Pelo CONCCLAT (Conselho Católico Carismático Latino Americano) e seus membros;
5.  Pela Presidência do Conselho Nacional, Katia Roldi Zavaris e sua família, e todos os membros do Conselho Nacional;
6.  Pelas reuniões dos Conselhos Estaduais e Diocesanos;
7.  Por todos os Grupos de oração do Brasil;
8.  Por todos os Ministérios da RCC em nível nacional, estadual, diocesano e de Grupo de Oração;
9.  Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesanos, estaduais e nacional da RCC;
10.  Pela casa de missão da RCCBRASIL no Marajó e pelos missionários e missionárias;
11.  Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores;
12.  Pelos eventos de evangelização da RCC no Brasil;
13.  Pela missão de Gilberto Gomes Barbosa à frente da Presidência Internacional da Fraternidade Católica – FRATER (Novas Comunidades);
14.  Pela missão de Aluísio Nóbrega à frente da Presidência Nacional da Fraternidade Católica;
15.  Pela situação política, econômica e moral em nosso País;
16.  Para que cesse a violência no Brasil e no mundo;
17.  Pela erradicação dos vírus causadores da Febre Amarela, Dengue, Zika e Chikungunya.
INTENÇÃO DO MÊS
Para que todos os Grupos de Oração vivencie a novena em preparação à Solenidade de Pentecostes.

Leia mais sobre Rede Nacional de Intercessão