13 dias para rezar a Santo Antônio…

… e conseguir muitas graças

Santo Antônio é um dos santos mais populares do Brasil. A devoção foi uma herança dos portugueses. Fernando Antônio de Bulhões, seu nome de nascença,  nasceu em Lisboa, Portugal. Aos 19 anos entrou para o Mosteiro de São Vicente dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Em Coimbra, foi ordenado sacerdote. Logo se viu o dom da palavra que transbordava do jovem padre agostiniano. Ele tinha conhecimento e grande poder de pregação. Na cidade, o Padre Antônio conhece os freis franciscanos E, pouco depois, torna-se Frei Antônio.

Santo Antonio faz o pedido de ir para o Marrocos pregar o evangelho e os Franciscanos permitem. No meio do caminho, porém, fica muito doente e é forçado a voltar para Portugal. Na viagem de volta, o barco é desviado e vai para Itália, terminando por parar na Sicília, em um grande encontro de mais de 5 mil frades franciscanos chamado Capítulo das Esteiras. Lá, Antônio conhece pessoalmente São Francisco de Assis.

Protetor das coisas perdidas. Protetor dos casamentos. Protetor dos pobres. É o Santo dos milagres. Fez muitos ainda em vida. Durante suas pregações nas praças e igrejas, muitos cegos, surdos, coxos e muitos doentes ficavam curados. Redigiu os Sermões, tratados sobre a quaresma e os evangelhos, que estão impressos em dois grandes volumes de sua obra.

Santo Antônio morreu em Pádua, na Itália, em 13 de junho de 1231, com 36 anos. Por isso ele é conhecido também como Santo Antônio de Pádua.

TREZENA DE SANTO ANTÔNIO

1º DIA – SANTO ANTÔNIO, MESTRE DO EVANGELHO

SINAL DA CRUZ

Continuar a ler

Como surgiu a festa de Corpus Christi?

Corpus Christi

O único dia do ano em que o Santíssimo Sacramento sai em procissão às nossas ruas

Continuar a ler