Santo Agostinho nos ensina sobre as três bondades do matrimônio

O valor do matrimônio

A palavra sexo deveria nos fazer pensar imediatamente no leito matrimonial. Mas, infelizmente, não é assim. Logo, se quisermos compreender a sexualidade como foi criada por Deus, devemos passar por uma verdadeira metanoia, uma conversão, uma mudança de mentalidade. Santo Agostinho, neste processo de transformação do coração, vem em nosso auxílio com seu ensinamento e o seu exemplo. Longe do puritanismo dos hereges, o Doutor de Hipona aceita plena e humildemente o Criador e compreende que é seu dever de cristão considerar Suas obras boas. É com esse olhar humilde que ele contempla a realidade do matrimônio e descobre um tríplice valor. Trata-se das três bondades (tria bona) do matrimônio.

Santo Agostinho nos ensina sobre as três bondades do matrimônio

Foto ilustrativa: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

Continuar a ler

Padre Pio: Seu amor pela Igreja

“Quero viver e morrer na Igreja”

O santo padre Pio de Pietrelcina teve um grande amor pela Igreja. O pobre padre do Gargano que o mundo todo admirou, cujo silêncio de grande interiorização unia-se à Igreja, foi fiel e completamente disponível ao serviço incansável de Jesus, por todos os que o buscavam no confessionário.

Continuar a ler