Orações S.Tomás de Aquino

Oração de S. Tomás de Aquino ao Espírito Santo

Ó Espírito Santo,
Amor do Pai e do Filho,
Inspirai-me sempre
o que devo pensar,
o que devo dizer.
O que devo calar,
o que devo escrever,
Como devo agir.
O que devo fazer
para obter a Vossa Glória,
o bem das almas
e a minha própria santificação.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre. Ámen.

Oração de S. Tomás de Aquino

Criador inefável,

Tu que és a fonte verdadeira da luz e da ciência,

derrama sobre as trevas da minha inteligência um raio da tua claridade.

Dá-me inteligência para compreender,

memória para reter,

facilidade para aprender,

subtileza para interpretar,

e graça abundante para falar.

Meu Deus, semeia em mim a semente da tua bondade.

Faz-me pobre sem ser miserável,

humilde sem fingimento,

alegre sem superficialidade,

sincero sem hipocrisia;

que faça o bem sem presunção,

que corrija o próximo sem arrogância,

que admita a sua correcção sem soberba,

que a minha palavra e a minha vida sejam coerentes.

Concede-me, Verdade das verdades,

inteligência para conhecer-te,

diligência para te procurar,

sabedoria para te encontrar,

uma boa conduta para te agradar,

confiança para esperar em ti,

constância para fazer a tua vontade.

Orienta, meu Deus, a minha vida,

concede-me saber o que tu me pedes

e ajuda-me a realizá-lo

para o meu próprio bem

e de todos os meus irmãos.

Ámen.

Acção de Graças após a Santa Missa

“Eu vos dou graças, ó Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, porque sem mérito algum de minha parte, mas somente pela condescendência de vossa misericórdia, vos dignastes saciar-me, a mim pecador, vosso indigno servo, com o sagrado Corpo e o precioso Sangue do vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo.

E peço que esta santa comunhão não me seja motivo de castigo, mas salutar garantia de perdão.
Seja para mim armadura da fé, escudo de boa vontade e libertação dos meus vícios.
Extinga em mim os maus desejos, aumente a caridade e a paciência, a humildade e a obediência, e todas as demais virtudes.
Defenda-me eficazmente contra as ciladas dos inimigos, tanto visíveis como invisíveis.
Pacifique inteiramente todas as minhas paixões, unindo-me firmemente a vós, Deus uno, e verdadeiro, feliz consumação de meu destino.
E peço que vos digneis conduzir-me a mim pecador àquele inefável convívio em que vós, com vosso Filho e Espírito Santo, sois para os vossos Santos a luz verdadeira, a plena saciedade e a eterna alegria, a ventura completa e a felicidade perfeita.
Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

«Adoro Te devote, Latens Deitas»

Eu Te adoro com afecto, Deus oculto,
que Te escondes nestas aparências.
A Ti sujeita-se o meu coração por inteiro
e desfalece ao Te contemplar.

À vista, o tacto e o gosto não Te alcançam,
mas só com o ouvir-Te firmemente creio.
Creio em tudo o que disse o Filho de Deus,
nada mais verdadeiro do que esta Palavra da Verdade.

Na cruz estava oculta somente a tua divindade,
mas aqui se esconde também a humanidade.
Eu, porém, crendo e confessando ambas,
peço-Te o que pediu o ladrão arrependido.

Tal como Tomé, também eu não vejo as tuas chagas,
mas confesso, Senhor, que és o meu Deus;
faz-me crer sempre mais em Ti,
esperar em Ti, amar-Te.

Ó memorial da morte do Senhor,
Pão Vivo que dás vida ao homem,
faz que meu pensamento sempre de Ti viva,
e que sempre lhe seja doce este saber.

Senhor Jesus, terno pelicano,
lava-me a mim, imundo, com teu sangue,
do qual uma só gota já pode
salvar o mundo de todos os pecados.

Jesus, a quem agora vejo sob véus,
peço-Te que se cumpra o que mais anseio:
que vendo o teu rosto descoberto,
seja eu feliz contemplando a tua glória.

«Que eu chegue a Ti, Senhor»

Que eu chegue a Ti, Senhor,
por um caminho seguro e recto;
caminho que não se desvie
nem na prosperidade nem na adversidade,
de tal forma que eu te dê graças
nas horas prósperas e nas adversas,
conserve a paciência,
não me deixando exaltar
pelas primeiras nem abater pelas outras.

Que nada me alegre ou entristeça,
excepto o que me conduza a Ti
ou que de Ti me separe.

Que eu não deseje agradar
nem receie desagradar senão a Ti.
Tudo o que passa torne-se desprezível a meus olhos
por tua causa, Senhor,
e tudo o que Te diz respeito me seja caro,
mas Tu, meu Deus, mais do que o resto.

Qualquer alegria sem Ti me seja fastidiosa,
e nada eu deseje fora de Ti.
Qualquer trabalho, Senhor,
feito por Ti me seja agradável
e insuportável aquele de que estiveres ausente.

Concede-me a graça
de erguer continuamente o coração a Ti
e que, quando eu caia, me arrependa.
Torna-me, Senhor meu Deus,
obediente, pobre e casto;
paciente, sem reclamação;
humilde, sem fingimento;
alegre, sem dissipação;
triste, sem abatimento;
reservado, sem rigidez;
activo, sem leviandade;
animado pelo temor, sem desânimo;
sincero, sem duplicidade;
fazendo o bem sem presunção;
corrigindo o próximo sem altivez;
edificando-o com palavras e exemplos,
sem falsidade.

Dá-me, Senhor Deus,
um coração vigilante,
que nenhum pensamento curioso
arraste para longe de Ti;
um coração nobre que nenhuma afeição indigna debilite;
um coração recto que nenhuma intenção equívoca desvie;
um coração firme, que nenhuma adversidade abale;
um coração livre, que nenhuma paixão subjugue.

Concede-me, Senhor meu Deus,
uma inteligência que Te conheça,
uma vontade que Te busque,
uma sabedoria que Te encontre,
uma vida que te agrade,
uma perseverança que Te espere com confiança
e uma confiança que Te possua, enfim.

Amén.

Anúncios

Deixe uma resposta, pedido ou sugestão aqui sobre o post

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s