Dúvidas

O que é o dom de línguas?

Quando nós somos batizados no Espírito Santo, a primeira coisa da qual nos enchemos é de oração. E por que isso? Porque o Espírito Santo é a ligação entre o Pai e o Filho. A oração é a comunicação entre o Pai e o Filho; o Filho que fala ao Pai e o Pai que fala ao Filho. A beleza da intimidade que acontece dentro da Trindade é feita pelo Espírito Santo. O Espírito Santo é oração.

Além disso, Ele é a ligação entre Deus e nós. A oração que vai e a oração que volta. Quando somos introduzidos no Espírito Santo, saímos cheios de oração, porque o Espírito Santo é oração, uma oração de fogo, infalível. Nós damos o combustível, que é o nosso ar. Movemos nossas cordas vocais, movemos a boca, a língua, geramos sons; e o que acontece? O Espírito Santo ora, fala e canta em nós. Fornecemos a expressão palpável, mas quem dá o conteúdo, o fogo e a oração é o Espírito Santo.

Quantas músicas deve se cantar para preparar a oração?

Não queremos determinar quantidade de músicas animadas para se cantar. Devemos ter no coração que as músicas animadas não servem para passar o tempo. O intuito é de abrir as pessoas para o louvor. “Desligar” os féis de seus problemas e se abrir para Deus (que é a solução dos problemas). Não se deve escolher as músicas ao acaso. Orem sempre, e peçam ao Senhor a quantidade e quais serão as músicas, que abrirão os corações dos fiéis.

Quanto tempo do Grupo é dedicado à animação?

Não podemos estipular um tempo determinado. Se ela é para levar as pessoas a se abrirem ao louvor, então o tempo da animação é o tempo que as pessoas precisam para se abrir à reunião de oração. Mas não usemos esta resposta como justificativa para fazermos show.

Quanto tempo dura a pregação?

A pregação no grupo de oração tem que ser direta, alicerçada na Palavra, ungida, e levar as pessoas a uma atitude de fé, dentro daquilo que está se pregando. Não ficar floreando, “enchendo lingüiça”, fazendo o tempo passar. Se a pregação é direta, então o tempo de 15 a 25 minutos é o suficiente. Basta vermos a pregação de Pedro, no dia de Pentecostes, ao sair do Cenáculo. Se lermos bem devagar, não dura mais de cinco minutos. Foi suficiente para converter 3000 pessoas. Esta pregação foi simples, direta e ungida. Por isso o resultado foi tão significante (At 2,14-36)

Visitantes pela primeira vez, é aconselhável chamá-los a vir à frente ao final do grupo?

Nesse caso, estamos lhe dando com algumas variáveis. Para algumas pessoas, ter que ir à frente é se submeter a um constragimento, uma vez que isso aconteça, certamente haverá dificuldades em voltar. para outras, não faz muito diferença, uma vez que não esteja só. O que pode ser feito, é que sempre no momento de convidar. Convidar mais não obrigar a pessoa, e ter a sabedoria para saber se existe mais de um visitante pela primeira vez.

Fonte: RCC São Paulo

Deixe seu comentário, pedido ou sugestão aqui sobre o post

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s